Diretor Jonathan Levine prepara filme sobre agente da CIA

terça-feira, 1 de julho de 2008 13:33 BRT
 

Por Steven Zeitchik

NOVA YORK (Hollywood Reporter) - Jonathan Levine, diretor do ainda inédito "The Wackness", que inclui um beijo entre Ben Kingsley e Mary-Kate Olsen, está preparando dois projetos novos.

"Wackness", que será lançado pela Sony Pictures Classics neste fim de semana nos Estados Unidos, trata de uma adolescente que alcança a maioridade em Nova York, por volta de 1994.

O filme recebeu prêmios do público no Festival Sundance, em janeiro, e no recente Festival de Cinema de Los Angeles.

Levine vai escrever e dirigir o thriller romântico "Positive" e também está escrevendo o roteiro de "Echelon Vendetta", um thriller de espionagem baseado no romance homônimo de David Stone. O projeto será produzido pela Sony.

"Positive" conta a história de um rapaz de 20 e poucos anos que vai visitar a família de sua noiva, no litoral do Massachusetts, mas é seduzido pela irmã mais nova dela.

O filme será uma produção independente, e a previsão é que comece a ser rodado em meados de 2009

"Vendetta" trata de um "faxineiro", ou agente da CIA encarregado de impedir que a roupa suja da agência seja lavada em público. Após a morte de um colega, ele começa a investigar as mortes misteriosas de vários agentes.

Até agora Levine trabalhou sobretudo em projetos independentes, mas disse que gostaria de encontrar um ponto de equilíbrio entre filmes independentes e outros feitos com grandes estúdios.

"Quero ter a liberdade criativa que acompanha os filmes independentes, mas não quero estar sempre duro", ele brincou.