Novo "Crônicas de Nárnia" decepciona nas bilheterias dos EUA

segunda-feira, 19 de maio de 2008 12:11 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Pelo segundo final de semana consecutivo, um grande filme de Hollywood apresentou performance aquém das expectativas nas bilheterias, marcando um início fraco para a lucrativa temporada do verão cinematográfico na América do Norte.

"As Crônicas de Nárnia -- Príncipe Caspian", da Disney, segundo filme na série baseada nos livros "Narnia" de C.S. Lewis, estreou na 1a posição nas bilheterias, onde arrecadou estimados 56,6 milhões de dólares entre sexta-feira e domingo.

Analistas do setor esperavam uma abertura de pelo menos 80 milhões de dólares, e com certeza superior aos 65,6 milhões do primeiro fim de semana do primeiro filme da série, "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa", de 2005.

A Disney se disse satisfeita com a estréia e falou que o filme firmou sua posição antes do próximo final de semana, que será um feriadão nos Estados Unidos devido ao chamado Memorial Day, além de marcar o início das férias letivas de verão.

A estréia foi bem menos fraca que a de "Speed Racer", no último fim de semana. O filme infantil da Warner Bros, feito com 160 milhões de dólares, vendeu apenas 18,6 milhões de dólares nos três primeiros dias. Neste fim de semana, caiu para a quarta posição, com 7,6 milhões, totalizando 29,8 milhões até agora.

A temporada do verão no cinema americano, responsável por 40 por cento das vendas anuais do setor, começou há 15 dias com o lançamento do sucesso inesperado "Homem de Ferro", da Marvel Entertainment, que já acumula 222,5 milhões de dólares. Neste fim de semana a saga de super-heróis caiu para a segunda posição no ranking.

É provável que o reinado de "Príncipe Caspian" dure pouco, já que a aventura "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal", de Steven Spielberg, estréia nesta quinta-feira. Cercado de segredo durante meses, o filme foi exibido para os jornalistas curiosos no Festival de Cinema de Cannes no domingo.

"Príncipe Caspian" traz o novato Ben Barnes no papel-título, o de um guerreiro valoroso que se une aos quatro irmãos Pevensie, do primeiro filme, para combater um tio malévolo. Os dois filmes da série "Nárnia" foram dirigidos pelo neozelandês Andrew Adamson, veterano da franquia "Shrek".