Boy George comparece ao tribunal, acusado de cárcere privado

quinta-feira, 22 de novembro de 2007 13:01 BRST
 

Por Andrew Hough

LONDRES (Reuters) - O cantor Boy George compareceu a um tribunal de Londres na quinta-feira, acusado de submeter um garoto de programa a cárcere privado.

O ex-vocalista do Culture Club abriu caminho entre uma multidão de jornalistas e fotógrafos após uma audiência que durou apenas um minuto, na qual ele apenas falou para confirmar seu nome e sua data de nascimento.

Vestindo paletó e camisa pretas, o cantor foi solto sob fiança e com a condição de que não pode entrar em contato com a suposta vítima.

A infração teria ocorrido na casa de Boy George, em Londres, em abril deste ano.

O promotor Nicholas Paul disse ao tribunal que a ação gira em torno de "uma alegação de cárcere privado", mas não deu maiores detalhes.

Boy George, que não se declarou nem culpado nem inocente, vai voltar ao tribunal Snaresbrook em 25 de fevereiro de 2008.

Ao deixar o tribunal, ele foi cercado por fotógrafos, e foram precisos seis policiais para abrir caminho entre a multidão até o carro de Boy George.

O cantor se negou a dar qualquer declaração fora do tribunal.