Vampiros derrotam astros de Hollywood nas bilheterias dos EUA

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 10:29 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Os vampiros de "30 Dias de Noite" beberam o sangue de Ben Affleck, Reese Witherspoon e Benicio Del Toro nas bilheterias do fim de semana na América do Norte.

Em um verdadeiro massacre cinematográfico, vários dramas sérios de astros premiados com o Oscar tiveram estréias desastrosas, enquanto o público continuava a optar por filmes escapistas. Outro problema foi o excesso de estréias: cinco entre os Top 10 das bilheterias.

O terror "30 Dias de Noite", estrelado por Josh Harnett e Danny Huston, estreou como número 1 nas bilheterias, com vendas estimadas em 16 milhões de dólares em seus três primeiros dias em cartaz, segundo sua distribuidora Columbia Pictures.

O líder de bilheteria da semana passada, "Why Did I Get Married?", um misto de comédia romântica e drama, caiu para a 2a posição (12,1 milhões de dólares), e a comédia familiar "Treinando o Papai" foi a 3a colocada, com arrecadação de 8,1 milhões de dólares.

Ben Affleck ficou na quinta posição com sua estréia na direção, "Medo da Verdade", em que seu irmão menor Casey faz um detetive particular de Boston que investiga o sequestro de uma criança. O filme da Miramax vendeu 6 milhões de dólares em ingressos.

Foi uma performance melhor que a de "Rendition" (9a posição, 4,2 milhões de dólares), em que Reese Witherspoon é uma mulher cujo marido nascido no Egito é sequestrado e torturado pela CIA. O filme foi dirigido pelo sul-africano Gavin Hood ("Tsotsi -- Infância Roubada").

O décimo lugar nas bilheterias foi de "Coisas que Perdemos pelo Caminho", uma tragédia doméstica em que Benicio Del Toro tem uma performance aclamada no papel de viciado em heroína. O filme também tem Halle Berry no elenco, e a direção é da dinamarquesa Susanne Bier.

As duas outras estréias entre os top 10 foram filmes mais leves: a sátira a filmes esportivos "The Comebacks" (6a posição, 5,9 milhões de dólares) e a versão em 3D da Disney de "O Estranho Mundo de Jack", de Tim Burton (8a posição, 5,1 milhões de dólares).