Cantor Yusuf Islam, ex-Cat Stevens, ensaia volta ao mercado

quarta-feira, 24 de outubro de 2007 12:46 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - O cantor folk britânico Yusuf Islam está ensaiando uma volta ao show business, quase três décadas depois de se converter ao islã e se afastar da música para focar a religião, sua família e seu trabalho beneficente.

No final do ano passado, o artista, antes conhecido como Cat Stevens, lançou seu primeiro álbum pop desde 1978, "Another Cup", e em março fez seu primeiro show britânico em 28 anos, em Londres, no Porchester Hall.

Entre as 250 pessoas presentes estavam sua mulher, filha e neta, além de velhos amigos de todo o mundo. O show foi transmitido pela BBC e lançado em um conjunto de DVD, "Yusuf's Cafe Session", que também inclui um documentário da BBC e vários clipes musicais.

Confira entrevista à Reuters por telefone:

Pergunta: Foi tenso voltar ao palco depois de uma ausência tão longa?

Resposta: Fiz com que tudo fosse o mais confortável possível para mim. Então não fiquei tão nervoso quanto fico com apresentações para 40 mil pessoas, por exemplo. Dessa vez havia apenas 250 pessoas, sendo que muitas delas eram nossos convidados! Fiz tudo para ser o ambiente mais caseiro possível. Nesse sentido, eu mais ou menos recriei meu próprio café, o que me leva diretamente de volta a Shaftesbury Avenue, que foi onde minha vida começou.

P: O público foi instruído a não aplaudir depois do início de cada canção? As pessoas pareciam muito calmas.

R: Acho que às vezes há uma reação que é quase de reverência a mim, sabe? Parece que as pessoas esperam que apareça um halo em volta da minha cabeça. É uma espécie de respeito, acho. Sei que há sempre uma recepção calorosa e maravilhosa.   Continuação...

 
<p>Cantor Yusuf Islam, ex-Cat Stevens, ensaia volta ao mercado. O cantor folk brit&acirc;nico est&aacute; ensaiando uma volta ao show business, quase tr&ecirc;s d&eacute;cadas depois de se converter ao isl&atilde; e se afastar da m&uacute;sica para focar a religi&atilde;o, sua fam&iacute;lia e seu trabalho beneficente. 24 de outubro. Photo by Tobias Schwarz</p>