"Cavaleiro das Trevas" terá relançamento com vistas ao Oscar

quinta-feira, 11 de setembro de 2008 13:52 BRT
 

Por Carl DiOrio

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - Batman quer um Oscar. Ou, sendo mais preciso: a Warner Bros quer uma estatueta --ou dez, de preferência-- para "Batman -- O Cavaleiro das Trevas."

Por isso o estúdio planeja relançar seu blockbuster em janeiro, no auge da temporada dos votos da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

"É apenas uma questão de trazer o filme de volta, para servir de lembrete às pessoas", explicou uma fonte do estúdio.

O presidente de distribuição doméstica da Warner Bros, Dan Fellman, admitiu que há negociações em curso com executivos da Imax sobre a possibilidade de levar o filme estrelado por Christian Bale de volta em janeiro a algumas salas com telas gigantes. Não está certo se "Cavaleiro das Trevas" ressurgirá em cinemas convencionais no mesmo momento.

O enorme sucesso comercial e de crítica do filme dirigido por Christopher Nolan vem causando especulações sobre possíveis indicações ao Oscar para seu diretor, produtores e elenco --mais especificamente para Heath Ledger, pelo papel do Coringa representado pelo ator falecido.

"Cavaleiro das Trevas" já arrecadou até agora cerca de 512 milhões de dólares na América do Norte e 440 milhões no restante do mundo. Desses totais, mais de 55 milhões de dólares vieram de cinemas com os telões Imax. Um relançamento antes do Oscar poderia ajudar a garantir que o filme superasse a marca de 1 bilhão de dólares de bilheteria.

Mas, agora que se sabe que o filme vai sair em DVD em dezembro, parece claro que quem esperava que a sequência de "Batman Begins" alcançaria o marco histórico de "Titanic" vai se decepcionar.

"Cavaleiro das Trevas" já tem a segunda maior bilheteria de todos os tempos, depois do valor fenomenal de 1,84 bilhão de dólares alcançado por Titanic, graças a 600,8 milhões de dólares de bilheteria norte-americana e 1,24 bilhão de dólares em outros países arrecadados em 1997 e 1998.