Salman Rushdie recebe prêmio "Melhor do Booker"

quinta-feira, 10 de julho de 2008 10:45 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - O escritor britânico Salman Rushdie recebeu na quinta-feira o prêmio "Melhor do Booker", que celebrou o 40o aniversário de um dos mais prestigiosos prêmios literários do mundo.

"Filhos da Meia-Noite" recebeu o Prêmio Booker em 1981, e o escritor nascido na Índia era o favorito absoluto para receber o "Melhor do Booker", eleito pelo público em votação online a partir de uma lista de seis finalistas.

O autor de 61 anos, cujo romance "Os Versos Satânicos", de 1988, provocou ultraje entre muitos muçulmanos e o levou a ser ameaçado de morte, também recebeu o prêmio do 25o aniversário do Booker, em 1993.

"Acho que a lista dos finalistas foi extraordinária, e foi uma honra ver meu nome nela", disse Rushdie em mensagem gravada enviada dos Estados Unidos, onde está fazendo uma turnê de divulgação de seus livros.

Seus filhos, Zafar e Milan, receberam o troféu em seu nome, em Londres, e o autor disse que foi apropriado o fato de "meus filhos reais estarem aceitando um prêmio por meus filhos imaginários".

Victoria Glendinning, diretora do comitê que redigiu a lista dos finalistas, disse que os livros eram dominados por temas ligados ao final do império e as duas guerras mundiais.

Mas algumas críticas foram feitas ao prêmio, em parte pelo fato de a opção ter sido limitada a apenas seis finalistas.

"Trata-se de um exercício artificial, simplesmente porque o público geral só pôde optar entre seis dos ganhadores anteriores", disse Jonathan Ruppin, gerente de promoções da livraria Foyles.   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo do autor Salman Rushdie  REUTERS. Photo by Chris Pizzello</p>