Indiana Jones parte à caça da bilheteria perdida

sexta-feira, 23 de maio de 2008 15:12 BRT
 

Por Sue Zeidler

LOS ANGELES (Reuters) - Dizer que o quarto filme "Indiana Jones", de Steven Spielberg, é ansiosamente esperado não chega perto de descrever o zunzunzum de um filme que muitos em Hollywood esperam que consiga revigorar as bilheterias estagnadas.

Dias após sua estréia mundial no festival de cinema de Cannes, na França, "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" fez sua estréia comercial norte-americana na quinta-feira, em meio a expectativas de que possa superar os 180 milhões de dólares em vendas de ingressos durante o feriadão do Memorial Day nos EUA.

Se sua bilheteria entre sexta e domingo superar a marca dos 140 milhões de dólares, o filme terá ultrapassado "Piratas do Caribe -- No Fim do Mundo", do ano passado, tornando-se a maior estréia norte-americana da história para um feriadão de Memorial Day. O filme esta sendo lançado pela Paramount Pictures, da Viacom.

"Homem Aranha 3", da Sony, ainda detém o recorde para um fim de semana normal: teve bilheteria de 151,1 milhões de dólares em seu primeiro fim de semana em cartaz, em maio do ano passado.

O mais recente "Indiana Jones" traz Harrison Ford de volta no papel do arqueólogo armado de chicote e que odeia cobras. O filme estreou em 4.260 cinemas dos EUA e Canadá justamente quando "Homem de Ferro", o único grande sucesso de bilheteria do verão americano até agora, começa a perder seu brilho.

"Indiana Jones" chega na esteira de dois outros grandes lançamentos -- "Speed Racer" e "As Crônicas de Narnia -- Príncipe Caspian" que ficaram aquém das expectativas nos últimos dois finais de semana.

"Precisamos realmente de 'Indy' para revigorar o mercado e fazer as bilheterias recuperarem a forma", disse o analista de bilheteria Paul Dergarabedian, presidente da Media By Numbers. "É o filme mais antecipado do ano."

Três semanas depois do início oficial da temporada do verão no cinema americano, período que responde por ate 40 por cento das vendas anuais totais de ingressos, a receita das bilheterias nos EUA estava 3,7 por cento abaixo da do ano passado, com uma queda de 6,4 por cento no número de ingressos vendidos.

Com toda a divulgação e o hype que cercam uma das franquias mais amadas de Hollywood, muitos observadores da indústria esperam que "A Caveira de Cristal" faça a maré virar.

No filme, Harrison Ford volta a contracenar com Karen Allen, do primeiro filme de Indiana Jones, "Caçadores da Arca Perdida", de 1981. A expectativa em relação a "A Caveira de Cristal" é que o filme arrecade mais de 250 milhões de dólares na América do Norte e 500 milhões em todo o mundo.