Ator Kiefer Sutherland vira réu por dirigir embriagado

segunda-feira, 1 de outubro de 2007 10:38 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Kiefer Sutherland, astro do seriado de TV "24 Horas", foi formalmente acusado na sexta-feira por dirigir embriagado, o que pode levá-lo à prisão caso seja condenado.

Sutherland foi preso na terça-feira e continua sob liberdade vigiada devido a um incidente de 2004, pelo qual foi condenado a se submeter a um programa de reabilitação.

No novo caso, a Promotoria de Los Angeles denunciou Sutherland, 40 anos, por duas contravenções -- dirigir sob influência de substâncias e dirigir com teor alcoólico no sangue superior ao permitido. A pena para cada contravenção é de seis meses de prisão e 500 dólares de multa.

Pela lei da Califórnia, ele passará pelo menos quatro dias preso se for condenado, porque já não será mais considerado réu primário em casos de direção sob efeito do álcool, segundo Frank Mateljan, porta-voz da promotoria.

Sutherland pode receber uma pena adicional de seis meses de prisão caso o juiz decida revogar a liberdade vigiada de 2004, como pediu a promotoria, segundo Mateljan.

O mesmo juiz de trânsito, Michael Sauer, sentenciou neste ano a socialite Paris Hilton a 45 dias de prisão por violar as regras de uma condenação prévia por dirigir embriagada.

Em novembro de 2004, Sutherland foi condenado a cinco anos de liberdade vigiada, multado em 500 dólares e encaminhado para tratamento.

Filho do ator de cinema Donald Sutherland, Kiefer é conhecido por interpretar o agente federal antiterrorista Jack Bauer na série "24 Horas", do canal Fox, que no ano passado lhe valeu o Emmy de melhor ator.