J.K. Rowling se despede de Harry Potter com conto de fadas

quinta-feira, 1 de novembro de 2007 13:35 BRST
 

Por Paul Majendie

LONDRES (Reuters) - J.K. Rowling vai se despedir de Harry Potter com um conto de fadas escrito à mão, que foi mencionado no último volume de sua saga sobre o jovem mago. O livro será leiloado em prol de sua organização beneficente para crianças.

Os fãs que esperam por mais uma dose de Potter vão se decepcionar, já que o conto não será publicado. Mas Rowling disse na quinta-feira que já está na metade de outro livro infantil.

Uma cópia de "The Tales of Beedle the Bard", com ilustrações da autora, será leiloada no próximo mês para levantar dinheiro para a entidade beneficente The Children's Voice (a voz das crianças), criada por Rowling.

"Escrever é a maneira mais maravilhosa de me despedir do mundo no qual vivi por 17 anos", disse a autora dos livros sobre o mago adolescente, que já venderam mais de 350 milhões de cópias e fizeram dela a primeira escritora bilionária do mundo.

"The Tales of Beedle the Bard" é mencionado no último livro da série Harry Potter como tendo sido legado a Hermione, a amiga do protagonista, pelo diretor da escola deles, Albus Dumbledore, recentemente revelado por Rowling como sendo gay.

Rowling produziu apenas sete cópias do livro, encadernadas em couro marrom e decoradas com desenhos prateados.

"Seis desses livros foram dados às pessoas mais estreitamente ligadas aos livros Harry Potter nos últimos 17 anos", disse Rowling.

"O sétimo exemplar será leiloado em benefício de crianças internadas em instituições e que precisam desesperadamente de uma voz."

A casa de leilões Sotheby's acha que a cópia pode ser arrematada por até 50 mil libras (100 mil dólares). O comprador não terá direitos autorais, e a reprodução do livro será proibida.

 
<p>Capa do conto de fadas 'The Tales of Beedle the Bard', de J.K. Rowling. Rowling vai se despedir de Harry Potter com um conto de fadas escrito &agrave; m&atilde;o, que foi mencionado no &uacute;ltimo volume de sua saga. O livro ser&aacute; leiloado em prol de sua organiza&ccedil;&atilde;o beneficente. 1o de novembro. Photo by Reuters (Handout)</p>