Cabelo chocolate de Cristina Kirchner vira moda na Argentina

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007 18:43 BRST
 

Por Karina Grazina

BUENOS AIRES (Reuters) - Atraídas pelo glamour da presidente eleita, Cristina Kirchner, as argentinas já imitam a cor do seu cabelo, e especialistas em moda acham que o estilo vai entrar de vez na moda depois da posse dela, na segunda-feira.

Cristina, primeira mulher eleita presidente do país, chama a atenção --para o bem e para o mal-- pelas roupas elegantes, pela maquiagem sempre perfeita e por penteados impecáveis.

"Ela antes usava o cabelo muito acobreado, muito vermelho, e agora usa mais o tom chocolate, mais marrom, e esse tom agora é procurado e pedido. [As clientes] vêm com recortes de revistas e me dizem 'gosto dessa cor"', disse à Reuters o conhecido cabeleireiro Roberto Giordano.

Cristina, 54 anos, tem o cabelo longo, com apliques, e engrossa as sobrancelhas com abundante rímel.

Segundo Giordano, a moda do cabelo chocolate é mais forte entre mulheres de 40 a 65 anos. "Sem dúvida o corte e a cor são clássicos e caem melhor no público dessa idade", afirmou Giordano, que atende modelos e estrelas de TV.

Também no mundo da moda se antecipa uma onda Cristina. "Considero que na verdade o efeito será visto quando ela assumir e sua imagem começar a ser muito mais recorrente nos meios de comunicação. Acho que vai repercutir muito sobre a mulher", disse o estilista Elio De Angelis.

"Nela se conjugam muitas coisas, é uma mulher linda, é forte politicamente, tem caráter, muita personalidade, por isso as mulheres já estão seguindo. As pessoas estão olhando muito, e acho que seu estilo vai se impor", completou o estilista Benito Fernández.