Grafiteiro Banksy cria murais na Terra Santa

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007 15:45 BRST
 

Por Rebecca Harrison

BELÉM (Reuters) - O grafiteiro britânico Banksy quer levar alegria a Belém neste Natal e incentivar o turismo na cidade reverenciada por ser o local do nascimento de Jesus.

O artista de rua pintou em prédios espalhados pela cidade, situada na Cisjordânia, seis murais provocantes, incluindo um que mostra uma pomba, símbolo da paz, usando colete à prova de balas e outra com uma menina de maria-chiquinha revistando um soldado israelense.

Banksy, que ganhou status cult por suas imagens ousadas e satíricas, também converteu uma loja de fast food diante da Igreja da Natividade em galeria de arte, exibindo o trabalho de artistas dos territórios palestinos e de fora.

Os trabalhos do artista já foram arrematados por centenas de milhares de dólares em leilões, e ele tem a atriz Angelina Jolie entre seus clientes. Mas Banksy mantém sua identidade em segredo e quase nunca concede entrevistas.

Outros artistas que estão expondo em Belém disseram esperar que a exposição chame a atenção para a vida na Cisjordânia ocupada e crie laços entre artistas locais e internacionais.

Os moradores de Belém dizem que os postos militares e a barreira erguida por Israel na Cisjordânia, que invade terras palestinas, estão estrangulando o turismo e prejudicando a economia da cidade.

Banksy fez manchetes em 2005 ao pintar várias imagens satíricas no lado palestino da barreira, que Israel diz ter erguido para impedir a entrada de homens-bomba no país.

As novas imagens são mais impactantes. Os peregrinos que chegarem a Belém para o Natal verão um mural imenso mostrando uma pomba na lateral de uma casa crivada de buracos de balas. A pomba está diante de uma torre de vigia militar israelense e usa colete à prova de balas.

Em outro lugar, um dos ratos que são a marca registrada do artista está ao lado de uma catapulta voltada contra outra torre de vigia. Na exposição, Banksy tem uma escultura de um querubim natalino com uma pedra perfurando seu estômago e sangue jorrando da ferida.

Todas as peças da exposição serão leiloadas, e a renda será revertida para organizações beneficentes locais.