2 de Abril de 2008 / às 13:19 / 9 anos atrás

Filho de Dennis Hopper estréia como ator em terror de Wes Craven

NOVA YORK (Hollywood Reporter) - Henry Lee Hopper, o filho de 17 anos de Dennis Hopper, vai fazer o papel principal num novo filme de terror teen de Wes Craven.

O filme, intitulado provisoriamente “25/8”, terá também Denzel Whitaker (“The Great Debaters”) e Shareeka Epps (“Half Nelson”).

Hopper fará o papel de Bug, um dos sete adolescentes assombrados por um serial killer que supostamente morreu quando eles nasceram, 15 anos antes.

A ação transcorre ao longo de um dia, enquanto se apresenta o mistério de quem -- ou o quê -- está perseguindo os estudantes.

Henry Hopper conseguiu o papel ao conhecer Craven numa festa para seu padrinho, Julian Schnabel. Os dois se entenderam bem falando de arte, incluindo as telas expressionistas abstratas pintadas por Hopper no ateliê de sua casa, em Venice, Califórnia.

Craven disse que ele se encaixaria bem no papel do inicialmente ingênuo Bug, que é transformado pelos acontecimentos, e o convidou para fazer um teste.

Seria fácil imaginar que qualquer filho de Dennis Hopper seria perfeito para atuar em um filme de horror. Mas a surpresa é que Henry parece ser um jovem tranquilo e com os pés no chão, apesar de ter sido criado por um dos “rebeldes” mais famosos de Hollywood.

“Nunca senti o peso daquilo tudo”, disse Henry, filho da atriz Katherine LaNasa.

“Tenho duas (meias) irmãs mais velhas que passaram por aquilo tudo, e acho que foi realmente difícil para elas. O alcoolismo exerceu um papel grande, de modo que a sobriedade é uma coisa altamente valorizada em nossa família. Todo o mundo tem um lado sombrio, e meu pai superou o dele, de modo que isso não me deixa revoltado.”

Henry Hopper tinha 14 anos quando viu seu pai cheirar gasolina em “Veludo Azul”, mas isso não foi tão assustador assim. “‘Velocidade Máxima’ foi bem mais assustador, porque ele teve a cabeça decepada”, disse o ator. “Mas eu me perguntei: ‘Por que ele sempre representa esses vilões?'.”

O jovem seguiu o exemplo de seu pai, que foi aluno de Lee Strasberg, estudando “Method acting” por três anos. Ele também fez um pouco de “rock de ruídos experimentais” em algumas bandas de amigos.

Mas as experiências de seu pai e de sua mãe --LaNasa casou com French Stewart (“3rd Rock From the Sun”)-- o desencorajaram de pensar em atuar como profissão. “Já vi como o lado econômico disso pode fazer a pessoa passar por muita m....”, disse ele.

Henry Hopper vai estudar no California Institute of the Arts este ano e atuar apenas em suas férias de verão. E ainda é possível que outras atividades passem na frente do trabalho de ator.

“Fui criado para valorizar a criatividade e a ser eu mesmo”, disse ele. “Através de minha família e dos amigos dela, aprendi como é estar vivo.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below