Coppola busca a juventude em seu primeiro filme em 10 anos

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 13:09 BRST
 

Por Silvia Aloisi

ROMA (Reuters) - O diretor Francis Ford Coppola diz que tem muito em comum com Dominic Matei, o protagonista de seu primeiro filme em dez anos, "Youth Without Youth".

Isso pode soar surpreendente, vindo do criador premiado com o Oscar de "Apocalypse Now" e da trilogia "Poderoso Chefão", já que Matei é um professor romeno de linguística, entrando na terceira idade, que sente que desperdiçou sua vida, perdeu a mulher que amava e não conseguiu criar uma grande obra acadêmica.

Pouco antes do início da 2a Guerra Mundial, Matei (o ator britânico Tim Roth) é atingido por um raio e se torna jovem novamente, tendo uma segunda chance de realizar seus sonhos.

Nas notas de produção, Coppola diz que, quando leu o livro em que o filme é baseado, ele estava, como o protagonista do livro, "começando a sentir-se no final de estrada", frustrado por não conseguir concluir o roteiro de "Megalopolis", projeto sobre uma utopia, no qual vem trabalhando há anos.

"Eu estava tentando me encontrar como roteirista e encontrar meu lugar na indústria do cinema, porque não queria mais ser o tipo de diretor de entretenimento que tenho sido -- queria ser alguém que só faz filmes pessoais", disse Coppola, 68 anos, a jornalistas após uma exibição do novo filme para a imprensa.

"Quando eu era jovem, nunca esperei ter o tipo de sucesso que acompanhou 'Chefão'."

"Foi apenas mais tarde, quando fiquei mais velho, que pensei: se eu vivi a vida de um diretor mais velho quando era jovem, talvez possa ter a vida de um diretor mais jovem quando sou velho -- e isso me levou ao tema do livro de Mircea Eliade."

O filme, que fará sua estréia no sábado no festival de Roma, é baseado num romance curto do escritor romeno Mircea Eliade.   Continuação...