Turnê do Led Zeppelin? "Não seja ganancioso", diz baterista

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 19:15 BRST
 

NOVA YORK (Billboard) - Ainda emocionado com o show de reencontro do Led Zeppelin que aconteceu em Londres na semana passada, o baterista Jason Bonham diz que é a pessoa errada para se perguntar sobre possíveis planos de turnê da banda de rock britânica.

"Eu ainda sou o sujeito novo no grupo. Não sei de nada", disse Bonham, que substituiu seu falecido pai, John Bonham.

"Será que haverá mais shows? Não seja ganancioso. Se fizerem outra vez, é claro que eu adoraria participar. Mas cabe a eles decidirem. Só o tempo dirá."

Os rumores sobre uma possível turnê do Led Zeppelin vêm persistindo nas últimas semanas, incluindo boatos sobre uma série de apresentações em estádios.

Mas nada foi confirmado até agora, e o vocalista Robert Plant já começou a marcar shows com a cantora Alison Krauss para o final da primavera norte-americana.

Bonham disse que suas conversas com Plant, o guitarrista Jimmy Page e o baixista e tecladista John Paul Jones depois do show de 10 de dezembro no 02 Arena foram variações sobre o tema "obrigado pelo melhor presente de Natal que eu poderia querer".

Ele disse que a experiência "ainda parece meio surreal, como se não tivesse acontecido realmente".

Mas ele acha que o show, parte de uma homenagem a Ahmet Ertegun, o falecido co-fundador da Atlantic Records, compensou um pouco pela apresentação do Led Zeppelin que ele considera de baixo nível no concerto de 40o aniversário da Atlantic Records, em 1988, em Nova York.

"Eu tive que trabalhar duro, tive que provar realmente que eu daria conta do recado. Não foi simplesmente dizer 'ei, sou filho de John Bonham, sou eu quem deveria tocar com vocês"', diz o baterista.   Continuação...