Sean Connery lança biografia e diz que ainda tem muito a fazer

segunda-feira, 25 de agosto de 2008 17:44 BRT
 

Por Ian MacKenzie

EDIMBURGO (Reuters) - O ator ícone Sean Connery pode ter parado de fazer filmes, mas acha que alguma coisa nova ainda está à sua espera dele.

Connery comemorou seu 78o aniversário comparecendo ao último dia do Festival Internacional do Livro de Edimburgo, na segunda-feira, para lançar sua longamente aguardada biografia, "Being a Scot" (Ser Escocês).

Em debate aberto com o público de quase 600 pessoas que lotou o recinto, alguém perguntou a Connery se ele já realizou tudo o que queria.

"Acho que não", ele respondeu. "Desde que parei de fazer filmes, ingressei num ciclo diferente."

"Mas a tenho a impressão de que há alguma coisa se preparando. Ainda não sei o que será."

A seu lado no palco estava o cineasta escocês Murray Grigor, que colaborou com Connery no livro. Grigor disse que eles buscaram um tom "irreverente".

Sean Connery é considerado o ator que definiu no cinema o papel do agente secreto James Bond, criado por Ian Fleming, desde que primeiro o representou, em 1962, em "007 Contra o Satânico Dr. No". Alguém perguntou a ele o que lhe proporcionara sua primeira vantagem na vida.

"Depois de 70 anos, entendi que minha primeira grande vantagem na vida foi conquistada aos 5 anos de idade: aprendi a ler e escrever", disse ele.   Continuação...

 
<p>Sean Connery lan&ccedil;a biografia e diz que ainda tem muito a fazer. O ator &iacute;cone Sean Connery pode ter parado de fazer filmes, mas acha que alguma coisa nova ainda est&aacute; &agrave; sua espera dele. 25 de agosto. Photo by David Moir</p>