Britânicos preferem William como rei, diz pesquisa

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007 10:38 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Os britânicos preferem o príncipe William a seu pai, Charles, como próximo rei, e a simpatia pela namorada dele favorece a popularidade do jovem, segundo uma pesquisa.

Mais de metade dos mil entrevistados disseram que preferiam a ascensão ao trono de William, que é o segundo na linhagem sucessória.

William tem 70 por cento de aprovação entre jovens de 18 a 24 anos, mas sua popularidade cai para apenas 47 por cento entre os entrevistados de 55 a 64 anos.

A onda de apoio a ele parece ter sido ajudada pelo recente reatamento do namoro com a plebéia Kate Middleton. Entre os entrevistados, só 18 por cento acham que ela não serve para a família real.

Quanto a Camilla Parker-Bowles, esposa de Charles e duquesa da Cornuália, as opiniões se dividem. Apenas 42 por cento consideram-na uma boa representante da família real.

Embora um terço dos entrevistados tenham mais estima por ela desde o casamento com Charles, 68 por cento afirmam ainda preferir a falecida princesa Diana, mãe de William.

Para Jennie Bond, jornalista que foi setorista de assuntos monárquicos, "o príncipe Charles parece de fato ter um verdadeiro problema de imagem".

"Embora seja indubitavelmente o herdeiro mais bem-treinado para o trono que já tivemos, o público parece relutante em aceitá-lo como rei. O dano à sua imagem causado pelo rompimento do seu casamento com Diana parece irreparável."

"Acho triste: deveríamos ser uma nação com mais capacidade para o perdão e aceitar que Charles é uma cabeça muito mais sábia sobre ombros muito mais experientes do que um menino de 25 anos que ainda tem muito a aprender e fazer", acrescentou.   Continuação...