Filme com Mickey Rourke ganha Leão de Ouro em Veneza

sábado, 6 de setembro de 2008 17:00 BRT
 

VENEZA (Reuters) - O filme norte-americano "The Wrestler" (o lutador), no qual Mickey Rourke marca sua volta de um período de esquecimento em Hollywood com um desempenho impressionante, ganhou neste sábado o Leão de Ouro de melhor filme, principal prêmio do Festival de Cinema de Veneza.

Dirigido por Darren Aronofsky, o filme de enredo comovente parece ecoar a vida conturbada do próprio Rourke dentro e fora do ringue de boxe e dos estúdios, e empolgou igualmente crítica e público no festival.

"Darren Aronofsky veio aqui alguns anos atrás e se deu mal", disse Rourke aos espectadores que lotavam a Sala Grande, referindo-se a um fracasso do diretor, o filme "A Fonte da Vida", que estreou no festival, em 2006.

"Fico contente por ver que ele teve coragem de voltar. Não acho que que quisesse vir. Eu disse: "Você tem de ir"', contou Rourke.

"O Lutador" foi um dos 21 filmes apresentados na competição principal do festival, que teve 11 dias de mostra de filmes, entrevistas, coletivas de imprensa e o glamour do tapete vermelho.

Veneza também dá a largada, não oficial, para a longa corrida para o Oscar do próximo ano. Há grande expectativa de que Rourke seja indicado para a categoria de melhor ator.

O Leão de Prata de melhor diretor foi para Alexei German Jr., da Rússia, por "Paper Soldier" (soldado de papel), rodado nas estepes frias e áridas do Cazaquistão, tendo como tema o programa espacial soviético dos anos 1960.

Silvio Orlando, da Itália, ganhou o prêmio de melhor ator por seu papel em "Il Papa di Giovanna" (O Pai de Giovanna) e Dominique Blanc recebeu o de melhor atriz por "L'Autre" ("O Outro").

(Reportagem de Mike Collett-White e Silvia Aloisi)

 
<p>O diretor norte-americano Darren Aronofsky segura seu le&atilde;o de ouro ao lado do ator Mickey Rourke, protagonista do filme 'The Wrestler'. Photo by Denis Balibouse</p>