Polícia prende suspeito em caso do roubo de "Indiana Jones"

quinta-feira, 4 de outubro de 2007 11:25 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A polícia de Los Angeles prendeu um homem ligado ao roubo de computadores, fotos e documentos do quarto filme da série "Indiana Jones", do diretor Steven Spielberg.

A prisão aconteceu na terça-feira durante uma emboscada montada pela polícia em West Hollywood, segundo Steve Whitmore, porta-voz da polícia do Condado de Los Angeles.

Whitmore disse que policiais que se faziam passar por compradores prenderam o homem suspeito de ser receptador de bens roubados. Os artigos tinham sido anunciados para venda em e-mails enviados a sites de fofocas do setor de entretenimento.

Whitmore, que não informou o nome do homem detido, disse: "Acreditamos que há mais pessoas envolvidas e não queremos divulgar o nome do detido até que tudo seja esclarecido."

Em 24 de setembro a polícia foi informada de que alguns artigos tinham sido levados do escritório de produção de Spielberg, no estúdio da Universal Pictures.

A DreamWorks Pictures SKG, o estúdio co-fundado por Spielberg, pediu à polícia local que investigasse o roubo. O porta-voz de Spielberg disse que o diretor temia que os ladrões tentassem vender os materiais. "Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull", o quarto filme na franquia de aventuras, será lançado no próximo verão americano, 19 anos após o terceiro filme da série.

Harrison Ford estará de volta no papel-título, ao lado do astro em ascensão Shia LaBeouf e da atriz australiana Cate Blanchett.