Ingenuidade e deslumbre marcam novos negócios da moda brasileira

quinta-feira, 19 de junho de 2008 16:42 BRT
 

Por Fernanda Ezabella

SÃO PAULO (Reuters) - Esqueça as pantalonas, as maxibolsas ou os babados. Para entender de moda brasileira agora é preciso saber o que é um fundo de investimento, uma gestora de marcas ou uma holding operacional.

A nova tendência é difícil de usar. Chegou com estardalhaço na temporada passada e se estende aos trancos e barrancos por esta nova edição do São Paulo Fashion Week.

A "novidade" já deu dor e cabeça para estilistas de renome como Alexandre Herchcovitch e Fause Haten, além da grife Zoomp, cooptados pela gestora de grifes Identidade Moda (I'M). Os dois primeiros se desligaram da nova empresa, e a Zoomp acabou de fora do SPFW -- tudo por causa de problemas financeiros.

Enquanto Herchcovitch conseguiu desfazer o negócio, Fause Haten perdeu a grife que leva seu nome inteiro, relembrando o caso Marcelo Sommer, que vendeu sua grife Sommer ao grupo familiar AMC Têxtil em 2004 e acabou afastado por divergências de criação.

"Eles achavam que iam ganhar milhões, mas na verdade iam gastar milhões. Acho que foi ingenuidade", disse a editora de moda Regina Guerreiro sobre os empresários e estilistas do caso I'M.

Apesar do drama, o mundo fashion não se deixa abater -- Fause Haten lançou uma nova grife, a FH, e Herchcovitch desfilará suas coleções feminina e masculina. No lugar da I'M, que roubou os holofotes em janeiro e depois desapareceu das passarelas, agora é a vez da Inbrands, que já estava no mercado, mas surge com mais poder de bala.

A Inbrands é uma holding operacional que gere a parte logística e financeira de seu portfolio de grifes -- Ellus, 2nd Floor e Isabela Capeto. Um dos sócios da empresa, Nelson Alvarenga, confimou à Reuters que Herchcovitch fará parte do grupo.

Enquanto a I'M chegou a vislumbrar um faturamento de 300 milhões de reais para este ano, triplicando o valor em cinco anos, a Inbrands afirma que fará este ano 500 milhões de reais e, em dois anos, terá faturamento de 1 bilhão de reais.   Continuação...