Vocalista do Pearl Jam faz show solo quase acústico em NY

quarta-feira, 6 de agosto de 2008 12:58 BRT
 

Por Jonathan Cohen

NOVA YORK (Billboard) - O vocalista do Pearl Jam, Eddie Vedder, usou pouco mais que sua voz e seu violão no terceiro show de sua turnê solo de verão, na segunda-feira em Nova York.

A apresentação que ele fez no United Palace Theatre teve 28 faixas, incluindo canções pouco conhecidas do Pearl Jam, covers e material da trilha sonora que ele criou para o filme "Na Natureza Selvagem".

Vedder deixou claro que apreciava a platéia atenta e silenciosa, brincando: "Deixamos os b......s em Boston," onde a turnê começou na sexta-feira.

Mas não faltaram oportunidades para a platéia participar, especialmente nas canções "Let My Love Open the Door", de Pete Townshend, "You've Got To Hide Your Love Away", dos Beatles, "Porch", do Pearl Jam, e "No More", dedicado ao ferido veterano da guerra do Iraque Tomas Young.

Com Vedder alternando entre o violão e a guitarra elétrica, bandolim e guitarra havaiana, várias canções do Pearl Jam que não funcionam bem como performances ruidosas de rock encontraram vida nova, incluindo "Dead Man", "Drifting" e "Man of the Hour". O clima intimista foi reforçado por covers de "Walking the Cow", de Daniel Johnston, "Millworker", de James Taylor, e "Trouble", de Cat Stevens.

Vedder também tocou uma pequena parte da canção-título da comédia "A Vida É Dura", cujo diretor, Judd Apatow, e co-protagonista, Paul Rudd, estavam na platéia. Liam Finn, que abriu o show, juntou-se a Eddie Vedder em duas canções de "Na Natureza Selvagem": "Society" e uma versão rock de "Hard Sun", com vocais de Eliza-Jane Barnes.

A turnê de Vedder vai continuar até 22 de agosto, em Chicago. Antes do final do ano o Pearl Jam pretende voltar ao estúdio para continuar a gravar seu próximo álbum com o produtor Brendan O'Brien.