Chef de Nova York perde uma estrela Michelin, outro ganha duas

segunda-feira, 8 de outubro de 2007 17:26 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Tom Colicchio, célebre pelo seriado "Top Chef", perdeu uma estrela Michelin em seu restaurante nova-iorquino Craft, enquanto o "chef das celebridades", o britânico Gordom Ramsay ganhou duas estrelas, uma raridade, por seu primeiro empreendimento norte-americano em Nova York.

O restaurante de Ramsay, Gordom Ramsay at The London, inaugurado há um ano, foi elogiado pela "constância em sua cozinha e atendimento", disse à Reuters na segunda-feira o diretor do Guia Michelin, Jean-Luc Naret.

"Gordon Ramsay mereceu duas estrelas, não apenas por seu nome e sua fama na televisão, mas também pela constância mostrada durante muitas visitas feitas por nossos inspetores ao longo do ano", disse Naret.

O guia de 2008, que começará a ser vendido na quarta-feira, marca o terceiro ano em que o Guia Michelin classifica restaurantes em Nova York, após mais de um século fazendo a crítica somente de estabelecimentos europeus.

O chef britânico Ramsay ganhou fama com seu seriado de TV "Hell's Kitchen" e seu uso freqüente de palavrões. Seu restaurante em Manhattan segue o molde de seu restaurante principal, Gordon Ramsay, o único em Londres a ter recebido a nota máxima do Guia Michelin: três estrelas.

Os três restaurantes de Nova York agraciados com três estrelas no guia de 2008 são os mesmos do ano passado: Jean Georges, Le Bernardin e Per Se.

Tom Colicchio, que talvez seja conhecido sobretudo por presidir o júri de "Top Chef", perdeu a estrela que tinha sido dada anteriormente ao Craft. "Isso não significa que o chef tenha menos talento --apenas que faltou constância na qualidade", disse Naret.

(Por Jennifer Ablan)