Nova comédia de Will Ferrell decepciona nas bilheterias dos EUA

segunda-feira, 3 de março de 2008 11:56 BRT
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - Não é sempre que Will Ferrell acerta o alvo. O humorista tropeçou nas bilheterias norte-americanas no domingo com sua mais recente comédia esportiva, "Semi-Pro".

O filme, que ironiza o basquete, foi o primeiro colocado por margem estreita, com vendas decepcionante de apenas 15,3 milhões de dólares em ingressos.

Os observadores tinham previsto que a estréia do filme renderia mais de 20 milhões de dólares. A performance ficou muito abaixo das estréias de outros filmes de Ferrell, como "Escorregando para a Glória" (2007, 33 milhões de dólares) e "Ricky Bobby: A Toda Velocidade" (2006, 47 milhões).

"Semi-Pro" custou 57 milhões de dólares e traz Ferrell como o bombástico dono de um time fictício e azarado da NBA, a liga norte-americana de basquete.

Observadores disseram que o filme foi prejudicado por ter recebido a classificação "R", ou proibido para menores de 17 anos. "Escorregando para a Glória" e "Ricky Bobby" foram autorizados para maiores de 13 anos desacompanhados.

O campeão de bilheterias do fim de semana passado, o thriller político "Ponto de Vista", com Dennis Quaid, caiu para a 2a posição, com 13 milhões de dólares arrecadados.

A adaptação de livro infantil "As Crônicas de Spiderwick", da Paramount Pictures, caiu uma posição, para a terceira, arrecadando 8,8 milhões de dólares e acumulando 55,1 milhões depois de três semanas em cartaz.

"A Outra", um suspense ambientado na Inglaterra do século 16, estreou na quarta posição, com 8,3 milhões de dólares. Scarlett Johansson faz a personagem histórica Mary Boleyn, e Natalie Portman, sua infeliz irmã mais velha, Anne. Ambas são seduzidas pelo rei Henrique 8o, com consequências desastrosas. Quase três quartos do público foi formado por mulheres.

O único outro lançamento entre os Top 10 também foi voltado às mulheres. "Penelope", uma fábula teen em que Christina Ricci faz uma jovem com nariz de porco, arrecadou apenas 4 milhões de dólares, sendo exibida em 1.196 salas de cinema. Empatou na 8a posição com o vencedor do Oscar de melhor filme este ano, "Onde os Fracos Não Têm Vez".