26 de Agosto de 2008 / às 19:58 / em 9 anos

Figurantes pedem US$ 11 milhões de Tom Cruise após acidente

BERLIM (Reuters) - Doze figurantes estão pedindo de Tom Cruise e sua produtora indenizações no valor de 11 milhões de dólares, depois de sofrerem fraturas, cortes e contusões durante as filmagens de “Valkyrie” em Berlim no ano passado.

Os figurantes se feriram em 19 de agosto de 2007, quando o painel lateral de um caminhão do Exército alemão do tempo da 2a Guerra Mundial se abriu quando o veículo fazia uma curva no centro de Berlim.

Um advogado dos figurantes disse à Reuters Television na terça-feira que as declarações das testemunhas indicam que a lateral do caminhão não tinha sido travada corretamente.

Tom Cruise não estava no set no momento do acidente.

“Uma carta foi enviada a Tom Cruise, Paula Wagner (sua então sócia) e a United Artists. Nela, reapresentamos os fatos do caso e definimos uma cifra ... de 11 milhões de dólares”, disse a advogada Ariane Bluttner.

“Valkyrie” foi assim intitulado devido ao codinome de uma conspiração para assassinar Adolf Hitler que envolveu oficiais alemães de alto escalão durante a 2a Guerra Mundial. Tom Cruise faz o papel do líder da conspiração, Claus von Stauffenberg.

A data de lançamento do filme foi adiada de 4 de julho deste ano para 26 de dezembro.

Num primeiro momento, o governo alemão proibiu a produção de ser filmada no local em Berlim onde a conspiração foi tramada e onde os conspiradores foram executados.

Mais tarde, o governo mudou de idéia, após meses de discussões no país focadas em parte no fato de Tom Cruise ser membro do movimento espiritual da cientologia.

A Alemanha não reconhece a cientologia como religião e a vê como seita que se faz passar por igreja para ganhar dinheiro, posição contestada pelos cientologistas.

Bluttner disse que, se o pedido de seus clientes não encontrar solução extrajudicial satisfatória, ela procurará levá-lo para tribunais dos EUA, onde fica a sede da UA.

A advogada acrescentou que o nível da indenização pedida reflete casos semelhantes passados e que, se a ação chegar aos tribunais, existe o risco de um juiz americano ordenar o pagamento de indenização punitiva por negligência.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below