Fotos de Leni Riefenstahl são roubadas de empresa alemã

quarta-feira, 7 de novembro de 2007 16:37 BRST
 

BERLIM (Reuters) - A polícia alemã está investigando o roubo de 250 fotos de Leni Riefenstahl, a cineasta oficial do líder nazista Adolf Hitler, do porão de uma empresa em Colônia.

As fotos de Riefenstahl e 300 trabalhos do fotógrafo norte-americano Elliott Erwitt desapareceram de um depósito situado no subterrâneo do escritório da Photo Estate GmbH, subsidiária da galeria berlinense Camera Work AG, informou a polícia.

O valor estimado de todos os trabalhos roubados chega a 4 milhões de euros.

Leni Riefenstahl morreu em 2003, aos 101 anos de idade. Os filmes que ela fez de um comício do partido nazista em Nurembergue em 1934 e das Olimpíadas de Berlim, em 1936, a tornaram famosa antes da 2a Guerra Mundial e uma figura notória após o término da guerra.