Damien Hirst doa vaca em conserva à galeria Tate

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007 10:33 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O multimilionário artista inglês Damien Hirst anunciou na quinta-feira que vai doar quatro obras importantes suas à Galeria Tate britânica, incluindo uma vaca e um bezerro fatiados e conservados em formol.

É a primeira vez que Hirst, que recentemente vendeu por 100 milhões de dólares uma caveira cravada de diamantes, faz uma doação importante a um museu.

"Significa muito para mim ter as obras no Tate. Quando eu era estudante, jamais teria imaginado que isso seria possível", disse ele.

"Acho que doar obras de minha coleção é uma coisa pequena se significa que milhões de pessoas poderão vê-las expostas num espaço grande", acrescentou.

Os trabalhos doados incluem The Acquired Inability to Escape (A incapacidade adquirida de escapar) e a escultura Life Without You (A vida sem você), ambos de 1991.

Outra obra doada é uma das primeiras da série de pinturas feitas com moscas, Who is Afraid of the Dark? 2002 (Quem tem medo do escuro? 2002), e ainda outra é a cópia feita para exposição de Mother and Child Divided, 2007 (Mãe e filho divididos, 2007) --uma vaca e um bezerro fatiados e conservados em formol.

O diretor da Tate, Nicholas Serota, saudou a doação, feita em resposta a um apelo que ele lançou anos atrás por doações de artistas britânicos de destaque, já que a galeria não tem dinheiro suficiente para manter sua coleção sempre contemporânea.

 
<p>O artista brit&acirc;nico, Damien Hirst, posa para fot&oacute;grafos em imagem de arquivo. O multimilion&aacute;rio artista ingl&ecirc;s Damien Hirst anunciou na quinta-feira que vai doar quatro obras importantes suas &agrave; Galeria Tate brit&acirc;nica, incluindo uma vaca e um bezerro fatiados e conservados em formol. Photo by Toby Melville</p>