Rock e religião ganham atenção do astro country Glen Campbell

terça-feira, 12 de agosto de 2008 11:40 BRT
 

Por Dean Goodman

MALIBU (Reuters) - A nova casa de Glen Campbell em Malibu é provavelmente parecida com a de muitos outros músicos de sucesso nessa cidade litorânea habitada por ricos.

Troféus Grammy na estante? Sim.

Cinema particular em casa? sim.

Artefatos judaicos? Sim.

Espere aí. O astro country foi criado como batista, mas ostenta um candelabro judaico sobre sua lareira e um livro em hebraico numa mesinha de café.

Para intensificar a confusão intercultural, o "Rhinestone Cowboy" começa a cantar "Jeee-sus ... me ajude a encontrar meu lugar especial".

Não é um hino, nem uma oração. É um verso de uma canção antiga da banda de rock dos anos 1960 Velvet Underground.

"Jesus" é uma das faixas do primeiro álbum lançado em 15 anos pela Capitol Records pelo cantor semi-aposentado de 72 anos, "Meet Glen Campbell" (chegará às lojas em 19 de agosto), em que ele canta covers de canções do U2, Green Day, John Lennon e Foo Fighters, entre outros.   Continuação...

 
<p>O artista Glen Campbell &eacute; fotografa na frente de sua casa, em Malibu, em foto de 4 de agosto. A nova casa de Glen Campbell em Malibu &eacute; provavelmente parecida com a de muitos outros m&uacute;sicos de sucesso nessa cidade litor&acirc;nea habitada por ricos. Photo by Phil Mccarten</p>