Britney Spears ainda não pode visitar os filhos

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008 19:47 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A Justiça manteve na terça-feira Britney Spears proibida de ver os filhos, alvo de uma longa e dolorosa disputa entre a pop star e seu ex-marido Kevin Federline.

Alan Parachini, porta-voz da Corte Superior de Los Angeles, disse que na audiência, a portas fechadas, foi mantida a decisão tomada no mês passado por um juiz de família, proibindo a cantora de ver os filhos Sean Preston, 2 anos, e Jayden James, 1.

O site TMZ.com disse que Federline quer que Britney possa ver os filhos sob certas condições, mas que os advogados de ambas as partes não se entenderam quanto aos termos.

Britney perdeu a custódia das crianças em outubro e foi proibida de ver os filhos depois de se recusar a devolvê-los, em meados de janeiro. Na época, foi internada numa clínica psiquiátrica, para onde voltou neste mês durante mais seis dias. O pai dela, Jamie Spears, foi nomeado curador dos seus bens e assuntos.

A cantora passa por uma turbulência desde que se separou de Federline. Há um ano, raspou a cabeça e passou uma temporada na reabilitação para dependentes. Nos últimos meses, porém, seu comportamento se tornou ainda mais estranho, em coisas como usar uma peruca rosa-choque e tentar falar com sotaque britânico.

Ela troca de assessores e advogados frequentemente, e ainda na terça-feira substituiu um dos advogados do processo de custódia.

(Reportagem de Justin Kroll)