14 de Janeiro de 2008 / às 10:56 / 10 anos atrás

Greve em Hollywood tira o brilho do Globo de Ouro

Por Bob Tourtellotte

LOS ANGELES (Reuters) - Hollywood aguarda neste domingo o anúncio da premiação do Globo de Ouro -- prejudicada por uma greve -- em uma insípida coletiva de imprensa, em vez da costumeira fila de estrelas na cerimônia de gala. Os prêmios para cinema e televisão, concedidos pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HPFA, na sigla em inglês), são uma parada-chave no caminho para o Oscar, por isso são observados mundialmente pela indústria do setor e por milhões de telespectadores.

Mas a greve dos roteiristas arruinou o evento deste ano depois que o Sindicato dos Roteiristas dos EUA, envolvido em uma disputa com grandes estúdios de TV e cinema, ameaçou fazer piquetes no dia da cerimônia. Como resultado, os principais astros se recusaram a participar.

Sem o poder dos astros, a rede de TV NBC e a HPFA deixaram de lado o show de gala de cerca de três horas na TV e o substituíram por uma coletiva de imprensa de uma hora de duração.

Na típica transmissão do Globo de Ouro no domingo, astros como Keira Knightley, indicada para melhor atriz por seu papel no romance "Desejo e Reparação", teria buscado vestidos de estilistas e jóias brilhantes para desfilar no tapete vermelho.

Atores indicados como George Clooney, por "Conduta de Risco" (Michael Clayton), e Daniel Day-Lewis, no drama sombrio "Sangue Negro", poderiam estar praticando os discursos de aceitação do Globo de Ouro que dariam a largada para o Oscar.

Mas este ano nada disso acontecerá.

"O Globo de Ouro é frequentemente um ensaio para o Oscar", disse Tom O'Neil, do site TheEnvelope.com. "Mas seu impacto será reduzido este ano porque não veremos os astros fazendo discursos."

As cédulas de votação já foram entregues aos organizadores do Oscar na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, mas os discursos de aceitação podem ajudar a influenciar votos a favor de alguns indicados se eles forem valorizados, disse O'Neil.

Cerca de 10.500 membros do Sindicato dos Roteiristas entraram em greve contra os estúdios em novembro, desorganizando a temporada de atrações na TV e levando vários programas a mudar seu formato.

No começo deste mês, o programa de premiação "People's Choice Awards" substituiu a transmissão ao vivo por um formato no estilo de revista, gravado previamente. Sua audiência na TV caiu quase pela metade, de cerca de 11,3 milhões de telespectadores no ano passado para 6 milhões de telespectadores.

Ainda assim, o Globo de Ouro está sendo amplamente acompanhado. A premiação deste ano será dada a sete competidores na disputa principal, a de melhor filme/drama, em vez dos habituais cinco. "Desejo e Reparação" concorre a sete prêmios, supera qualquer outro filme nas indicações e está cotado para vencer.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below