"Onde os fracos Não Têm Vez" sai na frente na temporada do Oscar

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007 22:18 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O filme "Onde os Fracos Não Têm Vez", dos irmãos Joel e Ethan Cohen, foi considerado na quarta-feira o melhor filme de 2007 pela Comissão Nacional de Resenhas da Motion Pictures (entidade que reúne produtoras de cinema dos EUA), dando a largada na temporada do Oscar.

George Clooney ganhou o prêmio de melhor ator, por "Michael Clayton", e Julie Christie foi a melhor atriz, por "Longe Dela".

Tim Burton foi eleito o melhor diretor, por "Sweeney Todd", em que os protagonistas são a esposa dele, Helena Bonham Carter, e Johnny Depp.

Amy Ryan recebeu o prêmio de atriz coadjuvante por "Medo da Verdade", de Ben Affleck, escolhido como melhor diretor estreante. Seu irmão Casey Affleck recebeu o prêmio de melhor ator coadjuvante, por "O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford".

"Le scaphandre et le papillon", de Julian Schnabel, foi escolhido como melhor filme estrangeiro. "Body of War" venceu na categoria documentário, e "Ratatouille" foi a melhor animação.

"Juno" e "Lars and the Real Girl" dividiram o prêmio de melhor roteiro original. "Onde os Fracos..." levou os prêmios de roteiro adaptado e pelo conjunto do elenco.

Emile Hirsch ("Into the Wild") e Ellen Page ("Juno") ganharam prêmios pelas interpretações.

Michael Douglas, Oscar de melhor ator por "Wall Street -- Poder e Cobiça" (1988), recebeu um prêmio pelo conjunto da carreira.

Esse prêmio pode servir de indicação para o que esperar do Oscar, principal honraria da indústria, que é entregue em fevereiro.

(Por Robert MacMillan)