"Sex and the City - O Filme" responde 'Big' questão para Carrie

segunda-feira, 26 de maio de 2008 11:06 BRT
 

Por Michelle Nichols

NOVA YORK (Reuters) - Carrie e Mr. Big se casam, ou não? É essa a pergunta que os fãs de "Sex and the City" esperam ver respondida quando o longamente aguardado filme sobre amor e amizade em Nova York chegar aos cinemas mundiais, esta semana.

O relacionamento de Carrie com um financista conhecido como Big, as vidas amorosas e as escolhas fashion de suas amigas -- a publicitária Samantha, a curadora Charlotte e a advogada Miranda -- fascinaram milhões de telespectadores durante seis temporadas.

Agora, quatro anos depois de a série chegar ao fim, as quatro amigas estão de volta, e as fãs estão ansiosíssimas para saber o que será feito de Carrie e Mr. Big.

"As pessoas que gostam do seriado vão querer ter de volta a alegria, os bons tempos, as bizarrices, as roupas, os coquetéis e a linguagem irreverente", disse a atriz Sarah Jessica Parker, que representa Carrie e também produziu o seriado de TV e o filme.

"Mas o que elas não esperam, provavelmente, é que a parte central do filme é bastante triste", disse ela.

Baseado nas colunas autobiográficas de Candace Bushnell no jornal The New York Observer, o seriado de televisão recebeu oito Globos de Ouro e sete Emmy e tornou conhecidos do grande público os sapatos Manolo Blahnik e o coquetel Cosmopolitan.

O filme retoma a história onde o seriado a deixou: Carrie e Big estão juntos, Samantha está em Los Angeles com seu namorado mais jovem, Charlotte e seu marido estão criando sua filha adotiva chinesa e Miranda está vivendo no Brooklyn com seu marido e filho.

"Eu sempre soube que a grande história que tinha ficado sem ser contada era a 'Big' história -- será que Carrie e Big vão se casar? Como seria se eles se casassem ou se não se casassem?", disse Michael Patrick King, roteirista e diretor do filme.   Continuação...

 
<p>A atriz Sarah Jessica Parker (centro) &eacute; segurada pela atriz Cynthia Nixon (esquerda) enquanto bate no ator Cris Noth com um O Filme'. Photo by Brendan Mcdermid</p>