Fãs aprovam homossexualidade de personagem de Rowling

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 19:58 BRST
 

Por Solarina Ho

TORONTO (Reuters) - O mundo "muggle" (sem poderes mágicos) está em polvorosa com o bombástico anúncio feito pela escritora J.K. Rowling de que um dos principais personagens da série Harry Potter é gay.

Até a tarde de segunda-feira, após um fim de semana de muitas fofocas a respeito da revelação feita sobre Albus Dumbledore, diretor da fictícia escola Hogwarts, havia quase 6.000 comentários sobre o tema em dois dos sites mais populares sobre Harry Potter, o www.leakynews.com e o www.mugglenet.com.

"Em geral as pessoas estão contentes por ela [a autora] ter feito isso", disse Melissa Anelli, que cuida do site Leaky Cauldron, embora admita que alguns poucos usuários do site ficaram insatisfeitos.

"Acho ótimo, acho que a forma como ela lidou com isso foi de que isso era só mais um fato sobre ele, da mesma forma como ele é professor, gosta de boliche e de música de câmara. E que se mais gente fosse assim teríamos menos problemas hoje em dia", afirmou ela.

Rowling revelou a notícia na sexta-feira no Carnegie Hall, em Nova York, ao responder a um leitor que perguntou se Dumbledore já havia se apaixonado, uma vez que prega a força do amor.

"Sempre pensei em Dumbledore como sendo gay", respondeu ela, explicando que o diretor da escola de magia se apaixonou por seu brilhante amigo Gellert Grindelwald, que mais tarde se tornaria um adepto da magia negra, derrotado por Dumbledore.

(Por Solarina Ho)