Christina Ricci volta aos blockbusters de Hollywood

terça-feira, 6 de maio de 2008 18:39 BRT
 

Por Nichola Groom

LOS ANGELES (Reuters) - Parece que Christina Ricci, que virou queridinha dos fãs do cinema independente, não é tão "indie" assim.

A atriz, que ficou famosa quando ainda era criança atuando em "Minha Mãe é Uma Sereia" e "A Família Addams", diz que as pessoas a entenderam mal se pensam que ela se afastou intencionalmente dos grandes blockbusters de Hollywood depois de adulta. E a prova do que ela diz é seu filme mais recente: "Speed Racer", feito com grande orçamento e que vai estrear nos EUA na sexta-feira.

"Faz tempo que eu vinha querendo fazer filmes comerciais, mas não necessariamente me deram a oportunidade", disse ela à Reuters. "Simplesmente não me deram esse tipo de papéis."

Ainda adolescente Ricci deixou para trás filmes como "Gasparzinho, o Fantasminha Camarada" e passou a fazer papéis mais complexos em dramas humanos como "Tempestade de Gelo" (1997), de Ang Lee, e "The Laramie Project" (2002), sobre o assassinato do jovem gay Matthew Shepard.

Agora, porém, a atriz de 28 anos será vista como Trixie, namorada do personagem-título de "Speed Racer". Baseado numa história em quadrinhos popular dos anos 1960, o filme trata de um jovem piloto de corridas, Speed, que descobre que grandes empresas estão usando seus lucros para subornar pilotos, arranjando previamente os resultados de corridas.

Speed, Trixie, sua família e um piloto rival, Racer X, juram expor o esquema e salvar o automobilismo da corrupção.

Repleto de ação, o filme promete ser o maior trabalho de Ricci desde "A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça", de 1999, em que ela contracenou com Johnny Depp.

Ricci não concorda com quem diz que "Speed Racer" será uma virada para ela, depois de sua fama de atriz do cinema independente.   Continuação...