Tracey Emin leva sexo e morte à exposição da Royal Academy

sexta-feira, 6 de junho de 2008 11:49 BRT
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - A artista britânica Tracey Emin "sexualizou" a Exposição de Verão da Royal Academy de Londres, levando imagens explícitas a um evento anual visto tradicionalmente como celebração de arte formal e contida.

A artista plástica de 44 anos, figura central do movimento dos Jovens Artistas Britânicos, ao lado de Damien Hirst, acredita que a sala da qual foi curadora na exposição deste ano vai atrair jovens e idosos igualmente.

"As senhoras comportadas de meia-idade ... acho que mal conseguem esperar para entrar nesta sala", disse ela a jornalistas nesta semana, na prévia para imprensa da exposição, que este ano chega a sua 240a edição anual.

Placas na entrada da sala avisam: "Há obras de arte nesta galeria que são chocantes".

Estas incluem o trabalho de Mat Collishaw que mostra uma zebra copulando com uma mulher e uma foto de Damien Hirst num necrotério rindo ao lado da cabeça inchada de um homem morto.

Em anotações que acompanham a exposição, Emin argumentou que a foto de Hirst possui "significado documental" porque mostra "o momento em que Damien, então com 17 anos, atravessou a linha divisória que marcou a decolagem de sua carreira".

Os trabalhos de Hirst, frequentemente vendidos por milhões de dólares, exploram há anos o tema da morte através de animais mortos conservados em formol ou, mais recentemente, de uma caveira de platina cravejada de diamantes que foi avaliada em até 100 milhões de dólares.

Célebre por sua arte criada para chocar, Emin disse que se sente honrada em ser membro da Royal Academy, apesar da reputação de formalidade da instituição.   Continuação...

 
<p>Sombra da escultura 'Pink Narcissus', dos artistas Sue Noble e Tim Webster, &eacute; projetada em parede. A artista brit&acirc;nica Tracey Emin 'sexualizou' a Exposi&ccedil;&atilde;o de Ver&atilde;o da Royal Academy, levando imagens expl&iacute;citas a um evento tradicionalmente como celebra&ccedil;&atilde;o de arte formal e contida. Photo by Toby Melville</p>