August 12, 2008 / 6:26 PM / 9 years ago

Roqueira Chrissie Hynde agora é também um pouco country

3 Min, DE LEITURA

<p>A artista Chrissie Hynde se apresenta no BilbaoLive, na Espanha em foto de 15 de julho de 2006. A vocalista dos Pretenders, Chrissie Hynde, apresentou na segunda-feira as can&ccedil;&otilde;es do primeiro &aacute;lbum gravado por sua banda em seis anos, admitindo a contragosto que est&aacute; tomando um rumo country. Photo by Vincent West</p>

Por Dean Goodman

LOS ANGELES (Reuters) - A vocalista dos Pretenders, Chrissie Hynde, apresentou na segunda-feira as canções do primeiro álbum gravado por sua banda em seis anos, admitindo a contragosto que está tomando um rumo country.

O evento foi patrocinado por um portal de Internet, que recentemente promoveu apresentações de artistas como Buddy Guy, Brian Wilson e The Offspring num palco no set da 20th Century Fox.

A performance dos Pretenders será postada no site do Yahoo em 1o de outubro, seis dias antes do lançamento nos EUA do álbum "Break up the Concrete".

Será o primeiro álbum do grupo desde "Loose Screw", de 2002, e o primeiro pelo selo independente Shangri-La Music, do produtor de cinema Steve Bing.

Hynde, 56 anos, a única integrante constante da banda, que existe há 30 anos, gravou o álbum em Los Angeles em dez dias, com um novo grupo de músicos.

O guitarrista inglês James Walbourne, o norte-americano Eric Heywood, nos pedais de aço, e o baixista neozelandês Nick Wilkinson tocaram com o veterano baterista Jim Keltner, que tomou o lugar de Martin Chambers, que costuma tocar nos Pretenders.

Vestindo jeans skinny e botas de cano alto, Chrissie Hynde liderou a banda apresentando 11 canções, seis das quais novas.

A faixa-título tem batida de Bo Diddley, e "Boots of Chinese Plastic", que abre o álbum e abriu a apresentação, é uma canção rockabilly sobre reencarnação.

As baladas "Don't Lose Faith In Me" e "Love's a Mystery" são carregadas do clima de Nashville, mas "Don't Cut Your Hair" é um pós-punk no estilo tradicional dos Pretenders.

A apresentação foi interrompida por um debate com o público de 400 pessoas.

Indagada sobre a orientação "de raízes" do novo álbum, Hynde respondeu: "Passei minha vida evitando a música country".

Mas, falou, depois de viver na Inglaterra nos últimos 35 anos, ela vem passando mais tempo em sua cidade natal, Akron, Ohio, "e isso perverteu meu senso de musicalidade".

"Mas é estranho como a música country e o rock são duas indústrias tão separadas aqui", ela prosseguiu. "É legal pensar que podemos deixar as coisas um pouco confusas -- que eles podem não saber onde tocar nossos discos."

Ela descreveu o Hall da Fama do Rock and Roll, no qual os Pretenders foram incluídos em 2005, como "grande fraude da indústria" e disse que os falecidos membros fundadores do grupo Pete Farndon e James Honeyman-Scott ainda influenciam o som da banda.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below