Rivalidade entre Obama e Clinton chega ao Grammy

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 12:00 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O pré-candidato democrata Barack Obama vai competir com os ex-presidentes Bill Clinton e Jimmy Carter nos Grammy Awards, em fevereiro.

As versões em áudio-livro das obras mais recentes deles foram indicadas para o Grammy de melhor álbum de palavra falada, ao lado de títulos da poeta Maya Angelou e do ator Alan Alda.

Nos últimos anos a categoria vem sendo dominada pelo Partido Democrata.

Jimmy Carter foi o vencedor em 2007, empatando com os atores Ossie Davis e Ruby Dee, e Obama levou o troféu no ano anterior.

Bill Clinton o recebeu em 2005 por sua autobiografia, "Minha Vida". Um ano antes disso, ele levou para casa o Grammy de melhor álbum de palavra falada para o público infantil.

A rival de Obama para a indicação à candidatura presidencial Democrata, senadora Hillary Clinton, conquistou o Grammy de palavra falada em 1997, quando ainda era a primeira-dama.

Este ano, Obama, senador do Illinois, foi indicado por "A Audácia da Esperança", enquanto Bill Clinton concorre com "Giving: How Each Of Us Can Change the World" e Jimmy Carter com "Sunday Morning in Plains: Bringing Peace to a Changing World".

Os vencedores em todas as 110 categorias serão anunciados em cerimônias em Los Angeles em 10 de fevereiro.