Criadores de Wallace & Gromit dão voz a deficientes físicos

segunda-feira, 12 de novembro de 2007 11:31 BRST
 

Por Paul Majendie

LONDRES (Reuters) - Os premiados criadores da animação vencedora do Oscar "Wallace e Gromit" criaram uma galeria de novos personagens de massinha para dramatizar a situação vivida por deficientes físicos que lutam contra a discriminação.

Para destacar as dificuldades enfrentadas pelos deficientes, a Aardman Animations produziu para a organização beneficente Leonard Cheshire Disability um cachorro da raça bull terrier que anda em cadeira de rodas, uma tartaruga que anda com muletas e um inseto que usa bengala para caminhar.

Na série de anúncios "Creature Discomfort" (desconforto físico) que está sendo transmitida na TV, em revistas e na Internet, cada animal é dublado por uma pessoa real. Alex Mihaly, que se movimenta em cadeira de rodas, é a voz por trás de Flash, o Cão Salsicha.

"Eu gostaria que as pessoas percebessem que somos gente de verdade. O fato de sermos deficientes não nos torna idiotas", disse Mihaly.

Ian Wilding, que sofre de esclerose múltipla e dubla a voz da Tartaruga Tim, disse: "As pessoas precisam pensar que é a cadeira de rodas, não a doença, que causa o problema."

"Fale comigo, não com minha posição. Enxergue a pessoa, não a deficiência."

A Leonard Chesire Disability, que ajuda mais de 21 mil deficientes físicos na Grã-Bretanha e trabalha em 52 países pelo mundo afora, quer combater as atitudes negativas prevalecentes em relação aos deficientes.

Nove em cada 10 deficientes britânicos entrevistados para uma pesquisa disseram que sofrem preconceito e discriminação. E as chances de viverem na pobreza são duas vezes maiores que as dos não deficientes.   Continuação...

 
<p>Criadores de Wallace &amp;amp; Gromit d&atilde;o voz a deficientes f&iacute;sicos. Os criadores da anima&ccedil;&atilde;o vencedora do Oscar 'Wallace e Gromit' criaram uma galeria de novos personagens de massinha para dramatizar a situa&ccedil;&atilde;o vivida por deficientes f&iacute;sicos que lutam contra a discrimina&ccedil;&atilde;o. Imagem da anima&ccedil;&atilde;o. Photo by Reuters (Handout)</p>