Médico que fez parto de Jolie admite ter sentido pressão

segunda-feira, 14 de julho de 2008 11:30 BRT
 

Por Ben Gruber

NICE, França (Reuters) - O médico que fez o parto dos gêmeos de Angelina Jolie e Brad Pitt no fim de semana admitiu que sentiu a pressão de estar tratando com um dos casais mais famosos do mundo.

A premiada atriz Angelina Jolie deu à luz um menino, Knox Leon, e uma menina, Vivienne Marcheline, no hospital Lenval, na cidade de Nice, no sul da França, na noite de sábado. O parto foi por cesariana.

"Com certeza", respondeu Michel Sussman quando indagado pela rádio Europe 1 se estava nervoso antes da cirurgia.

"Não era uma pressão em nível médico, porque pratico medicina há certo número de anos, mas é verdade que havia pressão devido à fama do casal", disse.

"Tive a assistência de uma equipe totalmente competente, então as coisas aconteceram como eu queria: com simplicidade e eficiência."

Dezenas de repórteres, cinegrafistas e fotógrafos estão acampados diante do hospital Lenval, no elegante calçadão à beira-mar Promenade des Anglais, para cobrir o nascimento dos gêmeos.

Várias emissoras norte-americanas se somaram a eles na segunda-feira, preparando-se para uma coletiva de imprensa programada para a terça-feira e para o momento em que o casal deve deixar o hospital, de carro ou helicóptero.

O jornal Nice Matin, que no domingo foi o primeiro a noticiar o nascimento dos gêmeos, dedicou várias páginas ao fato em sua edição de segunda-feira e incluiu uma foto de Brad Pitt e do prefeito de Nice, Christian Estrosi, assinando as certidões de nascimento dos bebês.   Continuação...