10 de Março de 2008 / às 15:39 / 10 anos atrás

Chuck Norris vira ídolo de soldados norte-americanos no Iraque

<p>Chuck Norris vira &iacute;dolo de soldados norte-americanos no Iraque. O ator Chuck Norris transformou-se em uma figura cultuada pelos militares dos Estados Unidos presentes no Iraque e em um her&oacute;i improv&aacute;vel para alguns dos membros das for&ccedil;as de seguran&ccedil;a iraquianas. Foto do Arquivo. Photo by Mike Theiler</p>

Por Mohammed Abbas

FALLUJA, Iraque (Reuters) - O ator Chuck Norris, famoso por suas habilidades como lutador de artes marciais e por sua imagem de “cara durão”, transformou-se em uma figura cultuada pelos militares dos Estados Unidos presentes no Iraque e em um herói improvável para alguns dos membros das forças de segurança iraquianas.

Um pequeno santuário de papelão foi construído para Norris em uma base militar norte-americana de Bagdá, e frases elogiando a masculinidade do ator aparecem na parede de banheiros do Iraque e mesmo do vizinho Kuweit, disseram os soldados.

“O caminho mais rápido para o coração de um homem está nos punhos de Chuck Norris”, diz uma mensagem do santuário, montado com uma foto autografada do ator. Outras frases do tipo cercam a imagem.

Conhecidas como as “verdades” sobre Chuck Norris, as afirmativas tornaram-se um fenômeno de Internet e várias delas aparecem no site www.chucknorrisfacts.com, entre as quais: “O Super-Homem usa o pijama de Chuck Norris” e “Não há armas de destruição em massa no Iraque, Chuck Norris mora em Oklahoma”.

O ator visitou o Iraque várias vezes e ganhou o título de fuzileiro honorário no ano passado.

Cerca de 20 militares e integrantes das equipes de apoio com os quais a Reuters conversou foram capazes de citar ao menos uma “verdade” sobre Norris, apesar de vários deles nunca terem visitado o site.

Os soldados norte-americanos presentes no Iraque afirmam que o apoio do ator a eles e sua imagem de invencibilidade o transformaram em um ídolo entre os militares. E insistem que as afirmativas exageradas e satíricas não pretendem ridicularizá-lo.

“As piadas apenas contribuem para aumentar a lenda existente em torno dele. Elas não são ofensivas. Ele é um ícone”, afirmou o sargento Joe Lindsay, em uma base de Falluja, na Província de Anbar (oeste do Iraque), que Norris visitou.

Barbudo e musculoso, o ator tornou-se famoso ao lutar com Bruce Lee, a lenda do kung fu, no filme “O Vôo do Dragão” (1972). Mais tarde, filmes mostrariam Norris destruindo pencas de homens com um único chute.

“Norris visitou o Iraque quando o nível de violência estava em seu pior patamar e outras celebridades retraíam-se. Ele é um dos nossos”, afirmou Mark Braden, integrante do órgão de relações públicas das Forçar Armadas dos EUA.

“Os fuzileiros adoram Chuck Norris. Ele é como uma lenda”, disse a sargento Amy Forsythe, em Falluja.

Os soldados citaram vários motivos para a popularidade dele. Alguns disseram gostar dos filmes do ator e de sua habilidade nas artes marciais -- Norris é um guru das artes marciais e vários de seus filmes possuem enredos envolvendo militares.

Alguns elogiaram os valores cristãos e políticos de Norris. O ator deu apoio, recentemente, ao pré-candidato do Partido Republicano à Presidência dos EUA Mike Huckabee, apesar de, seguindo o espírito das “verdades” sobre Norris, haver boatos de que foi o político quem deu apoio ao ator.

“Ele tem nos ajudado muito. O apelo dele consiste também em suas habilidades como lutador e em sua mera presença física. Acho que não conseguiria ficar um dia sem ouvir uma piada sobre Norris”, afirmou o cabo Ricardo Jones, em Falluja.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below