"Pequena Sereia" naufraga na Broadway

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008 20:03 BRST
 

Por Michelle Nichols

NOVA YORK (Reuters) - A crítica foi inclemente na sexta-feira com a adaptação do filme da Disney "A Pequena Sereia" para os palcos da Broadway, que estreou na véspera.

"A Pequena Sereia" --adaptação do filme de 1989, por sua vez inspirado no conto de Hans Christian Andersen, de 1836-- substitui o bem-sucedido espetáculo "A Bela e a Fera", cuja temporada de 13 anos terminou em julho. O musical compete com dois outros sucessos da Disney, "Rei Leão" e "Mary Poppins".

Segundo críticos, a montagem de 15 milhões de dólares da Broadway, sobre a sereiazinha que deseja viver entre os humanos, pode ter o mesmo destino de "Tarzan", que saiu de cartaz em julho, após apenas 14 meses, devido ao fracasso de público e crítica.

"Tristemente, depois do fim da mancha verde e sem graça que era 'Tarzan', 'A Pequena Sereia' sugere que na Broadway o toque mágico da Disney ficou adormecido", escreveu Ben Brantley no New York Times.

Houve comentários favoráveis ao elenco, mas não ao cenário e ao figurino. "Por baixo de toda esta ornamentação barroca havia um minúsculo musical lutando pela vida", escreveu Clive Barnes, no New York Post. "[O cenário era] plástico, plástico em todo lugar, o suficiente para lhe levar a beber."

"A produção é corrida, mas não excitante; mecânica, não mágica", disse Joe Dziemianowicz, do New York Daily News.