ONG de Clooney dá US$500 mil para aliviar a fome em Darfur

quinta-feira, 13 de março de 2008 18:53 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Uma ONG que tem entre seus fundadores os atores George Clooney, Brad Pitt e Matt Damon deu meio milhão de dólares ao Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU, disse uma entidade afiliada na quinta-feira.

O PMA usa helicópteros para enviar alimentos e profissionais humanitários ao norte do Sudão e mais especificamente para a região de Darfur, onde há um enorme afluxo de refugiados de guerra nos últimos anos.

"Sem um financiamento adicional imediato, a ajuda humanitária na região ficará paralisada", disse Clooney em nota.

A ONG Amigos do PMA, que angaria contribuições para o fundo da ONU, disse que a entidade de Clooney, chamada "Not On Our Watch" (algo como "não sob o nosso olhar") deu 1 milhão de dólares ao PMA em 2007.

Muitos astros de Hollywood se envolveram nos últimos anos com a ajuda humanitária à população de Darfur.

A Amigos do PMA disse que a agência da ONU precisa de 77 milhões de dólares em 2008 para manter suas operações. O PMA pretende dar apoio a cerca de 180 mil trabalhadores humanitários de 180 entidades no Sudão, sendo mais de dois terços disso em Darfur.

A região vive uma guerra civil entre rebeldes locais, de etnias africanas, e milícias árabes supostamente armadas e financiadas pelo governo sudanês. Especialistas dizem que o conflito já matou 200 mil pessoas e expulsou 2,5 milhões de suas casas desde 2003.