26 de Abril de 2008 / às 19:50 / em 9 anos

Amy Winehouse entra na lista britânica de milionários da música

<p>A cantora brit&acirc;nica Amy Winehouse chega &agrave; delegacia em Londres, dia 25 de abril. Amy Winehouse entrou para a elite dos milion&aacute;rios da m&uacute;sica na sexta-feira, mas ainda ter&aacute; que percorrer muito ch&atilde;o para chegar &agrave; posi&ccedil;&atilde;o de 'roqueiros enrugados' como Paul McCartney, disse o editor de uma lista anual de pessoas mais ricas. Photo by Toby Melville</p>

Por Paul Majendie

LONDRES (Reuters) - A cantora britânica Amy Winehouse entrou para a elite dos milionários da música na sexta-feira, mas ainda terá que percorrer muito chão para chegar à posição de "roqueiros enrugados" como Paul McCartney, disse o editor de uma lista anual de pessoas mais ricas.

A cantora soul de penteado que lembra uma colméia e cuja vida privada problemática e dependência de drogas têm lhe valido mais atenção que seu sucesso como cantora, hoje é avaliada em 10 milhões de libras (19,72 milhões de dólares).

"A conquista do Grammy lhe proporcionou um ótimo perfil nos Estados Unidos", disse Philip Beresford, editor da Lista dos Ricos do jornal Sunday Times, que publicou o mais recente ranking de milionários. "Ela tem uma voz belíssima. Esperemos que não estrague tudo."

Outra presença nova na lista é de Leona Lewis, vencedora de reality show na TV, que entrou na categoria dos abaixo de 30 anos. Depois de liderar as paradas de singles e álbuns nos EUA, ela teve sua fortuna avaliada em 6 milhões de libras.

A lista dos jovens milionários é encabeçada, graças à fortuna herdada dos Beatles, pelo guitarrista Dhani Harrison, filho do falecido George Harrison, com 160 milhões de libras em sua conta bancária.

Mas, segundo Beresford, os astros jovens ficam à sombra das fortunas de veteranos como Mick Jagger e Sting.

"Os roqueiros enrugados criaram toda uma nova indústria enorme de grandes turnês em estádios em todo o mundo, repletos de fãs de meia-idade, relativamente abastados, que querem recapturar sua juventude e se dispõem a pagar preços exorbitantes pelo privilégio", disse Beresford.

"As turnês são os planos de aposentadoria deles", disse o editor.

Beresford admitiu que foi feito um erro de cálculo relativo à fortuna de Paul McCartney, que na lista do ano passado foi avaliada em 725 milhões de libras.

"Ele foi rebaixado para 500 milhões", disse o editor. "Mas o juiz no divórcio de McCartney e Heather Mills avaliou sua fortuna em 400 milhões de libras."

Beresford descreveu a fortuna de 300 milhões de libras de Madonna e seu marido, o cineasta Guy Ritchie, como algo "quase ímpar".

"Ela entrou para as fileiras dos roqueiros enrugados, por ter uma receita grande com turnês, mas também tem as vendas de álbuns que os roqueiros não têm mais", explicou.

Em todo caso, a fortuna de Madonna perde de longe para a do primeiro na lista dos 50 maiores milionários da música na Grã-Bretanha: Clive Calder, fundador da Zomba Records, avaliado em 1,3 bilhão de libras.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below