Cate Blanchett entra em choque com premiê da Austrália

quarta-feira, 28 de maio de 2008 12:46 BRT
 

Por Michael Perry

SYDNEY (Reuters) - O clima agradável de simpatia entre o primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, e a comunidade artística do país, especialmente a atriz de Hollywood Cate Blanchett, tropeçou num obstáculo na forma de uma exposição de fotos de meninas nuas.

Blanchett e outras 42 figuras de destaque do mundo das artes australianas assinaram uma carta aberta em que criticam Rudd por ter descrito como "revoltantes" as fotos feitas pelo artista Bill Henson de crianças de 12 e 13 anos nuas.

Na semana passada a polícia fechou a exposição de Henson numa galeria de arte de Sydney e confiscou 20 de suas fotos, como parte de uma investigação que vai decidir se o artista será alvo de uma acusação criminal.

A operação policial desencadeou na Austrália uma discussão acirrada sobre o que é arte e o que é pornografia, e a comunidade artística, que deu seu apoio público ao Partido Trabalhista de Rudd antes de sua vitória eleitoral em novembro, criticou o premiê por ser favorável à censura nas artes.

"O processo judicial que pode ser movido contra um de nossos artistas mais respeitados não é o caminho para se construir uma Austrália Criativa e prejudica profundamente nossa reputação cultural", disse a carta aberta endereçada ao ministro do Ambiente australiano e ao premiê do Estado de Nova Gales do Sul.

"Devemos recordar que um critério importante de liberdade social, em tempos passados ou em regimes repressivos em outras partes do mundo, é o tratamento dado pelo Estado à arte e aos artistas."

A carta é assinada por Blanchett, a quem Rudd visitou no hospital dias após o nascimento de seu segundo filho, em abril, e a quem o premiê convidou a vir a Canberra para participar de sua conferência nacional 2020 sobre o futuro da Austrália. Outros signatários incluem o escritor premiado com o Nobel John Coetzee.

"Queremos deixar claro que nenhum de nós endossa o abuso de crianças, de qualquer maneira," disseram os signatários. "O trabalho de Henson não tem nada a ver com pornografia infantil e é arte com toda certeza, segundo a avaliação de alguns dos críticos e curadores mais respeitados do mundo."   Continuação...

 
<p>Cate Blanchett entra em choque com premi&ecirc; da Austr&aacute;lia. Cate Blanchett na estr&eacute;ia australiana do &uacute;ltimo Indiana Jones. O clima de simpatia entre o primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, e a comunidade art&iacute;stica do pa&iacute;s, especialmente a atriz Cate Blanchett, trope&ccedil;ou num obst&aacute;culo com uma exposi&ccedil;&atilde;o de fotos de meninas nuas. 21 de maio. Photo by Patrick Riviere</p>