Jack, o Estripador, retorna ao East End londrino

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 11:34 BRT
 

Jack, o Estripador, retorna ao East End londrino

Por Jeremy Lovell

LONDRES (Reuters) - Jack, o Estripador, vai retornar ao distrito de Londres no qual fez sua "zona de caça" particular, cometendo alguns dos mais célebres crimes da história que nunca foram elucidados.

Mas, num país em que as manchetes da semana passada falavam da condenação de dois assassinos em série, os moradores do East End londrino, antes miserável mas hoje próspero, não têm nada a temer.

O retorno do assassino de prostitutas do século 19 vai acontecer numa exposição que tratará da época, da área, das vítimas e dos possíveis responsáveis pelos crimes que chocaram o país e, desde então, inspiraram muitas obras populares de ficção.

Numa prévia da exposição promovida esta semana, a curadora Julia Hoffbrand disse à Reuters: "Exploramos Jack, o Estripador, dentro do contexto do East End, explicando quem vivia na área e como era viver ali."

"Os assassinatos e a atenção que despertaram na mídia lançaram luz sobre as condições deploráveis da área, marcada pela prostituição, a imundície, a violência e a criminalidade."

A cobertura sensacionalista dos crimes feita pela imprensa levou a rainha Vitória a indagar se não seria possível ajudar as mulheres miseráveis do distrito pobre, infestado de parasitas e marcado por doenças.

A exposição, que será inaugurada em 15 de maio no Museu Docklands, permanecendo até 2 de novembro, também desfaz alguns dos mitos em torno do assassino cuja identidade até hoje motiva especulações.   Continuação...