Festival oferece recompensa pelo "porco voador" de Roger Waters

terça-feira, 29 de abril de 2008 18:02 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Os organizadores de um grande festival de música da Califórnia estão oferecendo uma recompensa de 10 mil dólares e quatro ingressos vitalícios para quem entregar o porco inflável de dois andares de altura de Roger Waters, ex-vocalista do Pink Floyd, que se perdeu na noite de domingo.

O porco, marca registrada de Waters, foi visto voando para longe durante o show com que o cantor encerrou o Festival de Artes e Música Coachella Valley, realizado no deserto a leste de Los Angeles.

O porco voador gigante, que integrava os shows do Pink Floyd desde o álbum de 1977 "Animals", que traz a canção "Pigs on the Wing", soltou-se das amarras e saiu voando sobre o público do festival.

Não é a primeira vez que Roger Waters perde seu porco voador.

Em 1977, o porco voou no segundo dia de uma sessão de fotos na estação elétrica de Battersea, em Londres. Mais tarde, ele foi recuperado e usado na capa de um álbum.

Roger Waters integrou a banda de rock britânica entre 1965 e 1985. Ele e a banda continuaram a usar o porco como "acessório" em seus shows mesmo depois de ele deixar a banda.

Em Coachella, Waters apresentou clássicos do Pink Floyd, incluindo "Mother", "Shine On You Crazy Diamond", "Have a Cigar" e "Dark Side of the Moon".

Coachella foi citado pela revista musical Billboard como um dos três maiores festivais de música dos Estados Unidos. No ano passado, o evento atraiu mais de 186 mil amantes da música e da arte e faturou 16,2 milhões de dólares, segundo a revista.

O festival pede que quem tenha informações sobre o porco perdido envie um email a lostpig@coachella.com.

 
<p>Festival oferece recompensa pelo 'porco voador' de Roger Waters. Os organizadores de um grande festival de m&uacute;sica da Calif&oacute;rnia est&atilde;o oferecendo uma recompensa de 10 mil d&oacute;lares e quatro ingressos vital&iacute;cios para quem entregar o porco infl&aacute;vel de Roger Waters. 27 de abril. Photo by Mario Anzuoni</p>