"Two Lovers" é dádiva para Gwyneth Paltrow

terça-feira, 20 de maio de 2008 14:40 BRT
 

Por Bob Tourtellotte

CANNES (Reuters) - Depois de se casar e ter filhos, Gwyneth Paltrow voltou ao cinema recentemente no sucesso de bilheteria "Homem de Ferro", mas é seu novo filme, "Two Lovers", que a fez retornar plenamente à arte que tanto ama, disse a atriz na terça-feira.

No filme, que fez sua estréia mundial no Festival de Cinema de Cannes na noite de segunda, Paltrow é uma jovem confusa que conquista o amor de um homem complexo, representado por Joaquin Phoenix.

Mas a relação deles é acompanhada de problemas emocionais.

Longe do papel da assistente atrevida Pepper Potts em "Homem de Ferro", o papel de Michelle que Paltrow faz em "Two Lovers" alimentou seu desejo de voltar a atuar.

"Foi uma espécie de dádiva para mim", disse a atriz de 35 anos a jornalistas numa coletiva de imprensa em Cannes. "Senti que pude realmente atuar com liberdade, verdade e crueza."

"Depois de passar um bom tempo apenas em casa, sendo mãe, que é a maior alegria de minha vida, voltar a me sentir uma artista foi uma dádiva."

Filha da atriz Blythe Danner e do produtor Bruce Paltrow, Gwyneth Paltrow irrompeu no cenário de Hollywood nos anos 1990 e ganhou destaque quase imediato.

Seu papel de Viola, por quem o jovem William Shakespeare cai de amores na comédia romântica "Shakespeare Apaixonado", de 1999, lhe valeu o Oscar de melhor atriz. Depois disso, Paltrow tornou-se uma das atrizes jovens mais cotadas de Hollywood.   Continuação...

 
<p>A atriz Gwyneth Paltrow posa para fotos no Cannes Film Festival, para apresenta&ccedil;&atilde;o do filme 'Two Lovers' do diretor norte-americano  James Gray, dia 20 de maio. Depois de se casar e ter filhos, Paltrow voltou ao cinema recentemente no sucesso 'Homem de Ferro', mas &eacute; seu novo filme, 'Two Lovers', que a fez retornar plenamente &agrave; arte que tanto ama, disse a atriz. Photo by Vincent Kessler</p>