Leilão do artista cult Banksy supera previsões

quinta-feira, 25 de outubro de 2007 12:39 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Onze trabalhos do artista britânico cult Banksy superaram os preços estimados num leilão realizado em Londres na quarta-feira, ressaltando a atual popularidade dele junto aos colecionadores de arte contemporânea.

De acordo com o Web site da casa de leilões Bonhams, 11 trabalhos foram arrematados por um total de 455 mil libras (930 mil dólares), sendo que a estimativa prévia tinha sido de cerca de 300 mil libras. Quando se incluem os prêmios dos compradores, o total chega a mais de 500 mil libras.

O trabalho mais valorizado foi "Avon and Somerset Constabulary", tela a óleo e spray mostrando dois policiais britânicos, que foi arrematada por 80 mil libras, não incluídos o prêmio e os impostos. A estimativa inicial ficava entre 60 mil e 80 mil libras.

"Attack of the Badly Drawn Boy", previsto para render entre 20 mil e 30 mil libras, acabou sendo arrematado por 65 mil libras.

"Os resultados obtidos hoje mostram que o trabalho de Banksy está sendo cada vez mais valorizado", disse Gareth Williams, especialista da Bonhams.

"Talvez o aspecto mais incrível do fenômeno Banksy ... seja que, sendo um artista 'de guerrilha' confesso, ele tenha conquistado a adesão tão ampla do próprio establishment que satiriza. Estamos certos de que essa ironia não passou despercebida pelos compradores de hoje."

Sabe-se pouco sobre Banksy, que até agora conseguiu se manter anônimo, apesar do sucesso comercial das obras nos últimos anos. A casa Sotheby's detém o recorde mundial de preço para um trabalho do artista: 322.900 libras, incluindo o prêmio do comprador.

Banksy vem conseguindo se manter anônimo e se mantém nas manchetes mesmo assim por façanhas que incluem decorar a controvertida barreira erguida por Israel na Cisjordânia e deixar uma réplica de um prisioneiro de Guantánamo no parque temático Disneylândia, nos Estados Unidos.