Alejandro Iñarritu dirige anúncios contra uso de metanfetaminas

quarta-feira, 2 de abril de 2008 11:07 BRT
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - O cineasta mexicano Alejandro González Iñarritu, cujas obras incluem "Babel" e "21 Gramas", criou uma série de anúncios de televisão para desencorajar o consumo de metanfetaminas por adolescentes norte-americanos.

A informação foi divulgada na terça-feira pelos organizadores da campanha.

Três spots de serviço público dirigidos por Iñarritu para um programa antidrogas sem fins lucrativos chamado Meth Project começaram a ir ao ar na noite de segunda-feira em Montana, Estado rural do oeste americano onde o abuso do estimulante sintético vem atingindo proporções alarmantes.

De acordo com o Escritório da Casa Branca de Política Nacional de Controle de Drogas, na época em que o Meth Project foi lançado, em 2005, Montana figurava em quinto lugar entre os Estados americanos em matéria de abuso de metanfetamina.

Metade de todas as prisões e os envios de jovens a lares adotivos naquele ano em Montana estiveram relacionados ao uso da metanfetamina.

Mas os organizadores do Meth Project dizem que a campanha está tendo resultado. Eles citam um relatório recente da Procuradoria Geral do Estado, mostrando que o uso da droga entre adolescentes caiu quase 45 por cento desde 2005, enquanto a criminalidade relacionada a ela teve redução de 62 por cento.

Os spots de 30 segundos -- baseados no tema "isto não é normal -- mas quando se usa metanfetamina, é" -- mostram cenas explícitas de comportamentos ligados à dependência da metanfetamina.

Um dos spots mostra duas garotas se prostituindo para comprar a droga. Outras mostram viciados assaltando uma casa e sofrendo uma overdose diante de amigos indiferentes que estão fumando metanfetamina.   Continuação...