Uma Thurman encara papel novo e desafiador no cinema

quarta-feira, 23 de abril de 2008 15:20 BRT
 

Por Iain Blair

LOS ANGELES (Reuters) - Uma Thurman sempre gostou de um desafio e foi o que encarou em seu novo filme, "The Life Before Her Eyes", um drama intenso sobre uma mãe assombrada por uma decisão pavorosa tomada quando ainda era adolescente.

Dirigido por Vadim Perelman, autor do drama sombrio "Casa de Areia e Névoa", de 2003, o filme estreou em algumas cidades norte-americanas na semana passada.

Thurman talvez seja conhecida sobretudo por seus papéis nos filmes "Pulp Fiction" e "Kill Bill", de Quentin Tarantino, e há anos é uma atriz muito disputada por diretores. Mas em "The Life before Her Eyes" ela também trabalhou como produtora.

"Eu desenvolvi o filme e o mantive vivo durante anos, então foi muito bom finalmente vê-lo pronto", disse ela à Reuters.

Thurman faz o papel da professora de história da arte Diana, que vive uma vida aparentemente idílica. Mas a platéia não demora a saber que ela é assombrada por fatos terríveis de seu passado. O filme vai e volta entre o presente e fatos ocorridos 15 anos antes.

Quando ainda era jovem, Diana (representada por Evan Rachel Wood) e sua melhor amiga (Eva Amurri) foram encurraladas no banheiro do colégio por um estudante armado e ensandecido que as mandou tomarem uma decisão torturante: qual delas deveria viver e qual deveria morrer.

No presente, Diana ainda tenta conciliar-se com a decisão que tomou, ao mesmo tempo em que se esforça para educar sua filha rebelde de 8 anos e encarar a possibilidade de que seu marido esteja tendo um caso.

"The Life Before Her Eyes" começa com um massacre chocante numa escola, ao estilo do caso real da escola Columbine. Mas, para Uma Thurman, esse ato de violência é o ponto de partida para uma história que ela considera bela e comovente, "sobre o amadurecer de uma garota, a morte de uma mulher e a luta para tornar-se adulta nos Estados Unidos".   Continuação...