18 de Março de 2008 / às 15:51 / 10 anos atrás

Morre o cineasta britânico Anthony Minghella

Por Peter Griffiths

<p>O diretor brit&acirc;nico Anthony Minghella (foto de arquivo), ganhador do Oscar por 'O Paciente Ingl&ecirc;s', morreu aos 54 anos de idade, disse a porta-voz de seu agente nesta tera-feira. Photo by Phil Mccarten</p>

LONDRES (Reuters) - O cineasta britânico Anthony Minghella, que recebeu um Oscar por “O Paciente Inglês”, morreu aos 54 anos, disse uma porta-voz de seu agente nesta terça-feira.

Minghella recebeu o Oscar de melhor diretor em 1996 pelo romance do tempo da guerra estrelado por Ralph Fiennes e Juliette Binoche.

Não foram divulgados de imediato detalhes sobre sua morte.

O produtor de cinema David Puttnam disse que a notícia da morte de Minghella era “um golpe devastador.”

“Ele foi um grande sujeito, um homem muito, muito simpático, roteirista brilhante, diretor excelente, alguém que contribuiu para o cinema mais que a maioria”, disse Puttnam ao programa News 24 da BBC. “Ele nos fará uma falta enorme.”

Minghella foi indicado ao Oscar pelo roteiro do thriller policial “O Talentoso Ripley” e também escreveu o roteiro de “Cold Mountain”, Entre seus filmes anteriores estão “Um Romance do Outro Mundo” e “Um Amor de Verdade.”

Nos últimos meses, Minghella estava ocupado adaptando para o cinema o romance de Alexander McCall Smith “Agência Número 1 de Mulheres Detetives”.

“O Paciente Inglês”, baseado num romance de Michael Ondaatje, foi um sucesso mundial inesperado.

Em entrevista que concedeu à Reuters após o lançamento do filme, Minghella disse que teve dificuldade em levantar dinheiro para fazer o longa, que recebeu 12 indicações ao Oscar.

“Foi muito difícil conseguir que alguém nos desse dinheiro para isso”, contou. “Era um documento pouco promissor: um filme europeu sobre um homem assombrado por seu passado na guerra, com bons atores, mas sem grandes nomes, e com um diretor pouco experiente.”

“Era compreensível que o pessoal (de Hollywood) não apostasse no filme. Mas essas pessoas estavam totalmente equivocadas.”

Nascido de pais italianos e tendo passado sua infância na Ilha de Wight, Inglaterra, Minghella estudou teatro na Universidade de Hull, no nordeste da Inglaterra.

Ele iniciou sua carreira escrevendo roteiros para o teatro e a televisão, antes de passar para o cinema.

Em 2003, foi nomeado diretor do British Film Institute, órgão criado para tornar o cinema mais acessível ao público. Dois anos depois, encenou sua primeira ópera em Londres.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below